Sumário Executivo


Projeto


  • Desenvolvimento de conjunto de usinas solar fotovoltaicas para geração centralizada de energia;
  • Área total de 6.489 hectares localizada nos municípios de Jaguaretama e Umari no Estado do Ceará;
  • Capacidade para comportar até 40 (quarenta) usinas, totalizando 3,01 GWp;
  • Enorme potencial de geração de energia, enquadrado entre os maiores parques solares do pais quando implementado;
  • Contratos de arrendamento das áreas já firmados;
  • Disponibilização dos certificados de dados solarimétricos e estimativa de produção anual de energia;
  • Habilitada a participar no último leilão ANEEL de energia renovável (2019);
  • Estágio avançado de obtenção das licenças de instalação (LI), tendo ocorrido em Fevereiro de 2022 a reunião no Conselho Estadual do Meio Ambiente.
Diferenciais do Projeto


  • Linhas de transmissão próximas às usinas solares e com capacidade para suportar a energia a ser disponibilizada;
  • Entrega do projeto com estrutura própria de conexão e subestação prontas para as usinas fotovoltaicas a serem instaladas;
  • Região com alta incidência solarimétrica;
  • Licença ambiental prévia (LP) já em nome da empresa e Licença de Instalação em avançado processo para obtenção;
  • Ganhos pela economia de escala em função do tamanho dos parques, proporcionando redução proporcional no Capex e Opex;
  • Redução com custos do conexão, uma vez que haverá pagamento de TUST ao invés de TUSD;
  • Estrutura compartilhada de subestação e conexão à rede de transmissão;

Mercado de Energia Fotovoltaica


Entre 2017 e 2021, a fonte solar fotovoltaica apresentou forte evolução, chegando a 13.000 MW de potência instalada no Brasil. As usinas fotovoltaicas de geração centralizada que em 2017 totalizavam apenas 968 MW de potência instalada, tiveram um crescimento até 2021 igual a 379%, totalizando uma potência de 4.632 MW.

Evolução da Potência Instalada de Unidades de Energia Solar Fotovoltaica no Brasil
 
grafico1
 

A fonte solar fotovoltaica poderá representar pelo menos cerca de 10% (dez) por cento de toda a matriz elétrica brasileira até o ano de 2030 (Empresa de Pesquisa Energética – EPE, 2018). A energia fotovoltaica representará cerca de 32% da matriz elétrica brasileira, sendo a fonte com a maior representatividade em 2040. (Bloomberg New Energy Finance, 2018).

Tendências

Visão Geral dos Projetos


Projeto de Geração de Energia Centralizada


  • O projeto consiste no desenvolvimento, implantação e operação de um conjunto de 40 (quarenta) usinas fotovoltaicas de geração de energia centralizada;
  • Está Localizado nos municípios de Umari e Jaguaretama na zona central do Estado do Ceará.
  • A região na qual serão implantados os parques é bastante propícia para o projeto uma vez que se caracteriza como um local com ampla e constante irradiação solar, resultando assim em maior performance das usinas;
  • A potência conjunta estimada para as usinas a serem instaladas nas duas localidades totaliza 3.027 MWp, ou cerca de 2.509 MWac, e deverá ocupar uma área total de 6.489 hectares;
  • Outro ponto importante do projeto diz respeito a sua proximidade à linhas de transmissão de Alta Tensão (500 kV e 230 kV) para futura conexão, bem como seu fácil acesso através de rodovias federais.
mapa
tabela1

Projeto Jaguaretama


  • Localizado à 244,7 km da cidade de Fortaleza, capital do Estado do Ceará;
  • Área total de 5.228 hectares, havendo ainda a possibilidade de anexar uma área de 200 (duzentos) hectares adicionais para expansão ao projeto inicial;
  • Composto por 33 (trinta e três) usinas geradoras fotovoltaicas, tendo cada uma média de potência de 76,9 MWp e perfazendo uma potência total de 2.539,6 MWp;
  • Próximo às linhas de transmissão em 500 kV e 230 kV, que passam ao lado da área do projeto, possibilitando o pagamento de TUST, ao invés de TUSD;
  • Subestação própria para conexão;
  • Projeto desenvolvido com módulos solares Canadian Solar BiHiKu modelo BiHiKu CS7N-655MB-AG, com potência nominal de 655 Wp cada, inversores Huawei SUN2000-215KTL-H3 de potência máxima 215 kW e tracker horizontal de 1 eixo

Etapas já cumpridas do projeto:

  • Assinatura dos contratos de arrendamento e cessão de uso dos terrenos;
  • Monitoramento e medição dos dados solarimétricos desde Fevereiro de 2019;
  • Certificado de dados solarimétricos e da estimativa de produção anual de energia;
  • Produção anual certificada pela empresa Megajoule com uma irradiação média kWh/m2.mês de 2.172;
  • Elaboração do projeto básico para implantação das usinas geradoras;

Licenças Ambientais:

  • Licença Prévia (LP) já obtida;
  • Licença de Instalação (LI) em estágio avançado;
  • Projeto habilitado no leilão ANEEL ocorrido em 2019

Projeto Umari


  • Localizado à 403 km da cidade de Fortaleza, capital do Estado do Ceará;
  • Área total do terreno de 1.261 hectares;
  • Composto por 7 (sete) usinas geradoras fotovoltaicas, tendo cada uma média de potência de 69,7 MWp e perfazendo uma potência total de 488,2 MWp;
  • Próximo às linhas de transmissão em 500 kV e 230 kV, que passam ao lado da área do projeto, possibilitando o pagamento de TUST, ao invés de TUSD;
  • Subestação própria para conexão;
  • Projeto desenvolvido com módulos solares Canadian Solar BiHiKu modelo BiHiKu CS7N-655MB-AG, com potência nominal de 655 Wp cada, inversores Huawei SUN2000-215KTL-H3 de potência máxima 215 kW e tracker horizontal de 1 eixo.

Etapas já cumpridas do projeto:

  • Assinatura dos contratos de arrendamento e cessão de uso dos terrenos;
  • Monitoramento e medição dos dados solarimétricos desde Fevereiro de 2019;
  • Certificado de dados solarimétricos e da estimativa de produção anual de energia;
  • Produção anual certificada pela empresa Megajoule com uma irradiação média kWh/m2.mês de 2.172;
  • Elaboração do projeto básico para implantação das usinas geradoras;

Licenças Ambientais:

  • Licença Prévia (LP) já obtida;
  • Licença de Instalação (LI) em estágio avançado;
  • Projeto habilitado no leilão ANEEL ocorrido em 2019.

Pontos Fortes e Diferenciais


  • Subestação de energia própria e proximidade das linhas de transmissão para conexão do parque;
  • Diluição dos custos fixos de operação e manutenção decorrentes do porte do projeto;
  • Ganhos de negociação e significativa redução no valor do Capex por MWp no momento da implantação do parque em função do tamanho do empreendimento;
  • Pagamento de TUST ao invés de TUSD, reduzindo consideravelmente os custos de operação.
  • Alta incidência solarimétrica sobre as áreas do projeto incrementando a produção de energia;
  • Disponibilidade de vazão nas linhas de transmissão que suportam o volume de energia a ser gerada pelo projeto;
  • Adequação ambiental, com licença prévia já emitida e licença de instalação em avançado estágio de obtenção;
  • Conjunto de etapas já concluídas ou próximas à conclusão, permitindo a entrada em operação dos parques em período curto de tempo;
  • Compartilhamento de todos os parques da mesma estrutura de subestações e de conexão

Empresas Parceiras

Ao longo do processo de desenvolvimento do seu projeto, a Uruquê Energias Renováveis contratou empresas reconhecidas no mercado pela elevada experiência e competência.


ENTRE EM CONTATO

Solicite Informações



Está com alguma dúvida?

(85) 99957-7794

(85) 3067-1502

seuemail@suaempresa.com.br


Horário de atendimento

Segunda a Sexta-feira
08h00 às 18h00

Nosso endereço

Avenida Desembargador Moreira, 760
Sala 1511, Meireles
Fortaleza/CE

Top
Enviar WhatsApp
1
Ficou interessado?
Quer economizar na conta de energia? Então fale conosco agora!
Powered by